terça-feira, 8 de agosto de 2017

O que tem de ser tem muita força! É a vida!...


Adrien e William insistem em deixar Alvalade

«... Tudo sucedeu na passada semana. O técnico Jorge Jesus quis ter todos os dados na mão e chamou dois dos seus três capitães para discutir o futuro. O treinador falou individualmente com os jogadores, obtendo respostas semelhantes no conteúdo, mas distintas na forma. JJ perguntou a Adrien se poderia contar com ele nesta época e a reacção do internacional português campeão da Europa foi exclamativa: não! Depois de ter estado a um passo de deixar os leões rumo ao Leicester em cima do fecho do mercado de verão em 2016, o médio de 28 anos não admite ficar em Alvalade, a menos que as circunstâncias o obriguem. Por sua vez, o luso-angolano que também conquistou a Europa de futebol em 2016 com as cinco Quinas ao peito não escondeu qual o seu desiderato. Porém, ao contrário de Adrien, o camisola 14 não exclui de forma liminar a permanência no reino do leão, embora admitindo sempre que a prioridade passa por se transferir, assim surjam oportunidades nesse sentido, esperando que o presidente Bruno de Carvalho decida pelo melhor...»
(in jornal O Jogo, hoje)

Percebe-se a "cartilha azul" que o jornal O Jogo vai "vendendo" aos seus leitores! Para lá do Monte da Virgem, os "santos" estão desconfiados com a euforia que lavra nas hostes e haverá mentes que mantêm a "velha filosofia" de que mais vale prevenir que remediar, pois o ovo no cu da galinha não mata a fome a ninguém. Vai daí, o Zé Manel Ribeiro não recusa ir cumprindo com as suas "obrigações e devoções". É a vida!...

Porém, pelas nossas bandas, para além de alguma verdade que o texto publicado encerra, será bom que os adeptos sportinguistas estejam preparados para a eventualidade que o actual contexto poderá vir a determinar. É a vida!...

Ao contrário do que aconteceu na época passada, a saída de qualquer dos nossos campeões europeus, ou mesmo dos dois, parece ter sido devidamente acautelada pela estrutura leonina. O sector intermédio conta hoje com soluções que, podendo não estar ao nível das saídas que os números do mercado determinarem, constituem uma base de trabalho suficiente para que JJ não fique descalço e muito menos, para nos atirar para os olhos os farrapos das desculpas a que normalmente costuma recorrer.

O que tem de ser tem muita força! É a vida!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. A saída de Adrien não me preocupa nada, mas a de William sim, já que ninguém faz melhor que ele aquela posição.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE