quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Quem não percebe nada de "vouchers" é o TAD e o Ministério Público!...



De andebol percebem os árbitros, a APAF, o Conselho de Arbitragem e os jornalistas avençados! Valha a verdade dizer que também percebem de "vouchers"!...

Quem não percebe nada de "vouchers" é o TAD e o Ministério Público!...

Leoninamente,
Até á próxima

2 comentários:

  1. Não se apoquente caro Álamo, o Sporting ainda não respondeu a esta afirmação. Pelo seu raciocínio de que calados é que somos bons, (a direção), estou certo que os árbitros irão deixar de errar contra nós.

    :)

    Okenite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ironia a que recorre o caro Okenite, estará na razão directa da interpretação que faz daquilo que venho dizendo há muito e que pelo seu comentário não será nenhuma:

      "Cessem as palavras e falem as obras"!...

      Ao contrário do que pensa sobre o que defendo, "não seremos bons se optarmos apenas pelo silêncio"! Será necessário complementar esse silêncio, substituindo as palavras pelas obras e isso só poderá ser conseguido com trabalho demorado, paciente e persistente nos bastidores. Um trabalho de sapa com sinal contrário àquele que permitiu aos "donos disto tudo" exibirem hoje com desfaçatez e sem vergonha, o sorriso cínico que tão bem conhecemos, perante a nossa palavrosa inacção!...

      Nunca serão os pescadores, nem as "peixeiras dos mercados", apesar da sua conhecida incontinência verbal, a obter os maiores lucros no negócio do peixe! A fatia incomparavelmente maior, fica sempre do lado dos "silenciosos intermediários", que quase ninguém vê ou conhece!...

      Eliminar

PUBLICIDADE