segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Na inteligência, humildade e coragem poderá JJ encontrar a preservação da saúde do leão!...


LEÃO A LAMBER AS FERIDAS

«Parecia que Alvalade ia ter uma noite descansada e que a equipa do Sporting iria oferecer aos seus adeptos (que uma vez mais ultrapassaram a fasquia dos 40 mil) um ‘banquete’ generoso para alimentar a alma e aliviar as mágoas. Uma entrada de leão com um bis de Bas Dost (um ‘matador’ por excelência) serenou os espíritos mais inquietos e lançou o entusiasmo nas bancadas. Mas depois do golo de Platiny e da saída por lesão de Adrien Silva, lá vieram os fantasmas e os sobressaltos. O Sporting acabou a tremer e, desta vez, ainda pode agradecer ter saído beneficiado pelos erros de arbitragem.

Há um Sporting com Adrien e outro sem ele? Sim, não é de agora e já todos tínhamos percebido isso mesmo. O próprio Jorge Jesus admite que o capitão leonino cria uma onda de pressão à qual a equipa corresponde. Sem ele em campo, essa onda transforma-se numa vaga rasteirinha quase inofensiva e, como se sabe, mares calmos não fazem bons marinheiros. Resultado: os leões começaram a perder o controlo do jogo e correram riscos que se julgavam impensáveis, quando até ao intervalo tinham enchido as medidas aos espectadores.

Entre as notas agradáveis, ressalta a aposta em Alan Ruiz. O argentino está neste momento em posição privilegiada para se tornar no apoio regular de Bas Dost. Espera-se que a atuação de Alan Ruiz não tenha sido uma espécie de fogo-fátuo e que o seu brilho se torne constante e consistente. Qualidade existe, como ontem se viu, mas é preciso que tenha mais intensidade e sobretudo ritmo para mais do que uma hora de jogo. Também Campbell se destacou, ganhando claramente aos pontos a Gelson. Acabou por não ser jogo para o Sporting ganhar grande balanço para o futuro, mas foi uma vitória que ajudou a lamber as feridas.»
(António Magalhães, Entrada em Campo, in Record)


"Uma vitória que ajudou a lamber as feridas"?! Mas se a clínica veterinária há muito concluiu ser absolutamente pernicioso e desaconselhável tal gesto instintivo dos animais, por responsável pelo alastramento das chagas de que eventualmente padeçam, por que carga de água ao leão alguém poderá aconselhar ou sequer admitir que o possa fazer?!...

Cá para mim, Jorge Jesus não poderá nem deverá ir atrás dessa treta. Pelo contrário deverá cuidar quanto antes de aderir aos métodos utilizados por todos os clínicos veterinários no sentido de prevenir e até evitar toda a nocividade do apelo natural do instinto leonino!...



O que Jorge Jesus deverá procurar fazer tão urgente quanto possível, será aplicar ao leão o colar de protecção que o impeça de continuar com tão perniciosas quanto humilhantes lambedelas na chaga purulenta que tem vindo a exibir, quase desde o início da época!...

Convenhamos que não será tarefa fácil para Jorge Jesus! Primeiro porque terá que contar com a agressividade felina e natural do leão, habituado a ser rei e senhor da savana e de si próprio. Depois pelo facto quase incontornável de o acto em si revelar muito pouca compatibilidade com o seu sobejamente conhecido próprio ego!...

Na inteligência, humildade e coragem poderá JJ encontrar a preservação da saúde do leão!...

Leoninamente,
Até à próxima

8 comentários:

  1. Quando nem o amigo Álamo "encontrou coragem" para colocar o colar num verdadeiro Leão...
    É sinal de que o Leão "não só não está morto...como até tem capacidade para morder...!!"

    vamos ter calma...
    Vamos ter de esperar...mas a "arte de rodear a presa...está lá "...isso foi-nos mostrado ontem na primeira parte...
    É só o "Leão convencer-se" que não há tempo para adormecimentos ...e que quando se "não caça com Adrien"...outro terá de fazer o seu lugar...
    Gatos é que não...!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Max, felizmente e apesar de alguma insistência da minha parte e dos consideráveis esforços do Google, não me foi possível apresentar um leão com o tal colar protector: deve ser um número arriscado colocar o dito colar ao leão! Nessa condição limitei-me a exemplificar com um gato, ao colo do respectivo clínico, aquilo que me parece Jorge Jesus terá de fazer ao "nosso" Leão, com toda a urgência do mundo! Chega de lamber feridas!!!...

      SL

      Eliminar
  2. Caro Álamo, felicito-o pelo seu comentário sábio, ponderado e realista.
    Começo muito seriamente a constatar que o nosso problema é JJ. Será que o balneário está com ele como estava com o Marco Silva / Jardim ? Lembra-se quando os lampiôes foram buscar o Prof Manuel Sérgio para ajudar o JJ a comunicar com a equipa( Saviola, Aimar ...)?
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Manuel José, honestamente não me sinto com capacidade para afirmar que "o nosso problema é JJ"! O nosso treinador poderá estar a atravessar também um mau momento psicológico e a não conseguir obter da equipa o rendimento, por exemplo, da época passada. Face às circunstâncias actuais, apenas consigo constatar que algo estará a acontecer e creia que se eu tivesse o dom de poder descortinar as razões, JJ seria o primeiro a ser informado.

      Outra coisa completamente diferente será exibir o saudosismo que parece inundá-lo a si. Sou incapaz de viver de recordações e jamais em toda a minha vida coloquei o meu horizonte sem ser na frente dos meus olhos.

      Sobre Leonardo Jardim, comungo o seu respeito e admiração. Já quanto ao treinador que cita, parece que com saudade, nunca partilharei a sua opinião: os maus carácteres que já existem na grande nação leonina chegam e sobram para provocarem as divisões de que infelizmente nos vamos dando conta! Não precisamos de um "benfiquista com agenda própria" para liderar o futebol do Sporting CP! É a minha opinião de hoje e de sempre e deixei-o sempre por aqui bem expresso, sem ambiguidades ou reticências!...

      SL

      Eliminar
    2. Bom dia. Caro Álamo, sou um dos que podem confirmar a sua última frase. Recordo-me da minha opinião, um pouco diferente da sua, suportada por ingenuidade e credulidade excessivas, em grande parte fruto da boa imprensa que MS tinha...
      E até nos "conhecemos" pela minha defesa de BdC noutro espaço Sportinguista... de tons esmaecidos...
      SL

      Eliminar
  3. Goste ou não de JJ, reconheço desde os seus tempos do Boifica, todas as suas enormes qualidades, como igualmente os seus gigantescos defeitos. JJ é na verdade um treinador muito limitado e condicionado não só em termos técnico-táticos, mas acima de tudo humanos.

    A história da sua passagem pelo Boifica demonstra isso mesmo. Durante os seis anos que JJ lá passou coincidiu com o período de maior investimento que o Orelhas realizou na estrutura profissional do clube. Nunca é até hoje um treinador do Boifica do Orelhas teve tantos e tão bons jogadores á sua disposição. Alguns deles referências do futebol mundial como Aimar é ou Saviola por exemplo. Os resultados são os que se conhecem. As virtudes dessas equipas de JJ e os seus defeitos, são os mesmo que hoje se conhecem na equipa do Sporting.

    É verdade que igualmente que nestes últimos 10 anos pelo menos, nenhum treinador do nosso clube teve ao seu dispor as principescas condições que Bruno de Carvalho colocou á disposição do mais caro treinador da história do futebol português e um dos mais caros do mundo. Mas os resultados e as exibições são o que são. Marco Silva e sobretudo Leonardo Jardim com muitooooooo, mas muitoooooooo menos condições á sua disposição, fizeram em comparação, mas realmente, muito mais que JJ.

    Sinceramente sempre achei ao contrário de muitos que JJ ao longo do tempo (mesmo que tivesse sido ou venha ainda a ser campeão no Sporting) não seria o tão desesperado salvador do reino leonino, mas um dos últimos pregos a par de Bruno de Carvalho do caixão em que está o Sporting.

    Um bem haja
    João Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Julgo, caro João Santos, ter encontrado no primeiro parágrafo do seu comentário alguma indisfarçável incoerência, goste-se ou não de JJ.

      Decorrente de tal, o resto do comentário, inevitavelmente, teria de enveredar por um rumo que me parece demasiado extemporâneo...

      Entendo que os êxitos de um Clube histórico como o Sporting, não dependerão nunca de "salvadores". Os cemitérios estão cheios deles!...

      O momento do Sporting não é o melhor! Mas tenho como certo que não será apenas a JJ que deveremos atribuir as culpas. Terá uma grande parte, concordarei, mas haverá muitos outros a começar no presidente e a acabar em todo um Conselho Directivo, acrítico e complacente!...

      Veremos até final da época o que nos estará reservado...

      SL

      Eliminar
  4. b Sobre Jesus já há pouco a dizer (um treinador igual à grande maioria dos outros: diferente só no absurdo do seu salário). Penso que a equipa também já não acredita que o Boifica permitirá que alguém lhe possa tirar o campeonato. Este mau rendimento também se deve muito à descrença que é provocada pelos factores exógenos ao que se joga nos relvados. Eu, racionalmente, não acredito, minimimamente, que possamos vir a ser campeões (e esse ceticismo nem tem a ver com o nosso atual fraco futebol). Falando de treinadores: Inácio é muito melhor treinador que Jesus. Tem um futebol muito mais eficaz que Jesus (e ficar-nos-ia muito mais barato). Não existe nenhum presidente, que em determinado momento do seu consulado, não se tenha enganado na escolha de um treinador! BdC não é excepção. O que sempre me fez e continua a fazer impressão no modelo de jogo de Jesus é a forma como deixa os nossos adversários nos criarem grandes problemas defensivos (por vezes até somos nós a criar esses próprios problemas )! E não arranja solução para esta sua lacuna de sempre. Epreferível atacar menos, mas atacar melhor e , sobretudo, não permitir veleidades atacantes aos nossos antagonistas. Era tão bom que aparecesse por aí um clube a fazer uma proposta da China a Jesus...

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE