segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Quando matarem os gajos!...




Samaris pode ser suspenso até quatro jogos

Em causa está um lance no Benfica-Braga na última 4ªfeira, referente à Taça da Liga.

«A Comissão de Instrutores da Liga abriu um auto de flagrante delito ao médio grego, na sequência de um lance no jogo da passada quarta-feira com o Braga, a contar para a Taça da Liga.

Recorde-se que Samaris esteve envolvido em dois lances polémicos no encontro com os arsenalistas. Primeiro, agarrou o pescoço de João Carlos Teixeira, e depois, no final do jogo, desentendeu-se com Paulinho, fazendo-lhe uma "gravata"...» 
(in jornal O Jogo, em 25 Setembro 2017 às 23:14)


No estádio da Luz, a contar para a Taça da Liga, com o árbitro Bruno Esteves e sem VAR, de que é que estavam à espera?! Que o pobre do grego fosse expulso?!...

Cá para mim e no meio desta confusão toda que faz o desespero do Presidente da FPF, coitado, o László Bölöni é que tem razão, isto só lá vai...

Quando matarem os gajos!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Os pasquins certamente irão vender mais alguns quilos de papel, mas alguém acredita que das mãos da honorável Cláudia e do venerando Zé Manel, venha algum castigo p'ró grego?! E a impunidade benfas?!...   

Não fosse o vómito, talvez me permitisse ter dó do mostrengo!...


E diz de outros (LINK), o energúmeno fundamentalista lampiânico, em acto de deplorável, asquerosa, inenarrável mas obviamente incontornável contrição - noblesse oblige! -, com as calças emprestadas pelo responsável da sua nojenta presença no meio de nós e que o conhecerá melhor que ninguém: "rumo ao penta que o resto são 'figurinhas de passar'"! Deu de si próprio a melhor definição...

Não fosse o vómito, talvez me permitisse ter dó do mostrengo!...

Leoninamente,
Até à próxima

A resposta está ERRADA!...


E Cristina Ferreira ficou sem alternativa e teve de dizer ao concorrente que Pinto da Costa nem fala, nem tem de olhar para cima...

A resposta está ERRADA!...

Leoninamente,
Até à próxima

"São muito fortes e favoritos, mas podemos ganhar"!...


Podemos ganhar ao Barcelona

«Estou muito feliz porque as coisas têm-nos corrido bem e joguei quase sempre. Estou no final da minha carreira e quero desfrutar o máximo. Sou muito feliz aqui. É um clube muito familiar. Estou muito cómodo desde o primeiro dia.
 [...]

Não me coloco um limite, mas todos sabem que tenho um problema no tendão de Aquiles. Neste momento estou bem, não tenho dores e quero jogar muito tempo. [...]

(Sobre se teria sido um problema físico a adiar o anúncio da transferência) Nada disso, foi um problema do Barcelona. De papéis. Não pudemos dizer que estava fechado, mas não porque tivesse estado à experiência. Estava tudo feito, mas o anúncio oficial foi feito mais tarde. [...]

(Sobre o próximo encontro com o Barcelona) No futebol tudo é possível. Se estivermos bem, a 100 por cento, e fizermos o nosso trabalho, acredito que poderemos ganhar. São muito fortes e favoritos, mas podemos ganhar. [...]

(Sobre o que fazer com Lionel Messi) Não fazer nada. 
É difícil porque nunca sabemos o que ele vai fazer a seguir. Deixá-lo a um metro, não ir `à queima´, e esperar que passe a bola a outro. [...]

(Sobre a reacção se marcar à sua antiga equipa) Não sei. 
Tenho muito respeito pelos meus antigos companheiros e pelos adeptos do Barcelona. Se festejar será por Bartomeu [presidente do clube] e Robert Fernández [director do clube] porque acho que a maneira como me trataram foi errada e muito difícil para mim.
  Mas agora estou feliz e não me importo com o resto...»
(Jéremy Mathieu, em entrevista ao diário espanhol Marca)

Um entrevista que valerá a pena ler e ouvir. É pouco comum encontrar um futebolista com a personalidade, cultura e carácter de Jéremy Mathieu. Na maioria dos casos pouco ultrapassarão os chavões de "levantar a cabeça", "manter os pés bem assentes no chão" e tecer "estúpidas louvaminhas" ao clube, treinador e companheiros" com que no momento estejam envolvidos. O nosso "novo" central não é, decididamente, nada disso...

É por isso que não deixa de me martelar na cabeça, a frase que me "obrigou" a deixar-vos por aqui este postal...

"São muito fortes e favoritos, mas podemos ganhar"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Duvido que alguma vez encontre o elixir da atitude e compromisso!...


Ainda não demonstrou minimamente ser capaz de perceber o clube onde veio parar - mai-lo mano, mai-lo mano! -, nem que o futebol por estes lados não será propriamente o repositório da areia das praias - ou das pampas! - onde se habituou a brincar!...

Apareceu em Alvalade como se tivesse sido contratado para praticar sumo e só passados dois ou três meses de muita fome deixou de parecer mal. E não aprendeu nada, já que passado um ano voltou, qual "rikishi" nipónico, disposto a ensaiar de novo uma modalidade que nem o formidável e extenso ecletismo leonino comporta.

Jorge Jesus e os adeptos leoninos, carregados  de uma "santa paciência" foram esperando, oferecendo-lhe a benevolência do tradicional ano sabático que já terão aprendido como absolutamente necessário para todos os "brinca na areia" que nos chegam das pampas. Mas nada...

Nem a chegada do seu compatriota Marcos Acuña que, com o seu espírito guerreiro e superior conceito de profissionalismo, chegou e "pegou de estaca" desmistificando de forma arrasadora esse velho tabu enraizado no nosso espírito, conseguiu servir-lhe de exemplo e dilatar-lhe o único neurónio que nele parece funcionar! Nada, continua igual ou pior ao dia em que chegou...

Bastou agora mais um simples, melhor dito se for "grosso" pingo em Moreira de Cónegos, para fazer transbordar o copo e JJ se sentir pela enésima e se calhar irrevogável vez,  "traído" por um jogador em quem chegou a demonstrar confiança à prova de bala, tantas foram as oportunidades que lhe foi concedendo - ao invés do que tem acontecido com muito do talento do "alfobre de Alcochete"! - ao longo desta "eternidade" que já leva em Alvalade...

Não admira portanto que talvez não demore muito a experimentar as consequências da "cama" que, com a sua displicência e/ou negligência tem vindo a fazer: é muito provável que JJ e a SAD lhe venham a fazer a "cama de lavado", com lençóis que nada terão a ver com aqueles com foi recebido.

Muito provavelmente não chegará às favas novas que Maio dá, mas também leva, por força da força da Natureza!...

E até mesmo o bacalhau ou o bolo-rei do Natal poderá não chegar a provar e ter de se contentar lá pelas pampas com a tradicional vitela ao molho de atum!...

Duvido que alguma vez encontre o elixir da atitude e compromisso!...  

Leoninamente,
Até à próxima

Fugirem dos pasquins a sete pés!...



Hoje, 25 de Setembro de 2017, volta a ser dia de os sportinguistas não gastarem um único cêntimo com a pasquinada!...

O meu conselho?! Virarem-se exclusivamente para a blogosfera leonina e...

Fugirem dos pasquins a sete pés!...

Leoninamente,
Até à próxima

Os leões entraram em campo todos bêbados!...



A Champions embebeda

O Sporting entrou em Moreira de Cónegos com ar de frete e a dar o incerto por garantido. Descolou da liderança antes de receber o Porto.

«Num tempo de discussões orçamentais, assimetrias e clivagens, a Liga dos Campeões passou por Moreira de Cónegos, deixou os locais com um sorriso nos lábios e até a pensar que poderia ter corrido melhor. Na quarta-feira o Sporting recebe o Barcelona e em Alvalade todos esperam por uma noite memorável, mas os jogadores começaram a pensar nela cedo de mais. Jorge Jesus garantiu ter passado a mensagem certa, mas no Parque Comendador Joaquim de Almeida Freitas viu-se uma equipa aburguesada, petulante, a estender-se pelo campo com ar de enfado, como quem faz um frete à espera do grande compromisso. O confronto com o Moreirense foi encarado como uma vitória certa, estava tudo garantido, menos a concentração exigida por um adversário assumidamente modesto mas lutador em todas as horas. Ao intervalo, quando o treinador fez soar o alarme, a desvantagem de um golo continuou a não assustar. O Sporting apertou mais, chegou ao empate e só na parte final carregou a sério sobre a baliza adversária. Pelo caminho ficaram dois pontos e o Porto a sorrir uma semana antes de visitar Alvalade. Mas Jesus também não vai pensar nisso para já. Antes tem um importante jogo com o Barcelona! A Champions é fantástica, o sonho maior do futebol de clubes, provoca um desgaste físico e emocional tremendo, mas também embebeda. Tenho para mim que é o hino. Arrepia, entranha-se, perturba e vicia. O Sporting caiu num grupo levado da breca e já ganhou em Atenas, a seguir vai levar com os (efectivamente) grandes, mas deixou-se inebriar antes do tempo. Acontece! Ao contrário do Sporting, o Benfica não podia permitir-se distrações, pelo que o foco foi um só: sacudir o mau momento e olhar para a frente. A pressão posta pelo Porto estava lá, na ideia de todos, mas o resultado de Moreira de Cónegos terá ajudado um bocadinho.»
(Carlos Machado, Opinião, in O Jogo)


Absolutamente de acordo com a ideia de Carlos Machado...

Os leões entraram em campo todos bêbados!...

Leoninamente,
Até à próxima

Que alguém lhe fizesse também a folha!...




Apelidado de "carolino" há bem mais de meia dúzia de anos, por mor de alegadas esconsas ligações à génese do "famoso" livro de Carolina Salgado, creio que publicado em 2010, talvez pela experiência e gosto adquiridos - e o proveito, obviamente! - na publicação de livros polémicos sobre criaturas que, na qualidade de jurista, mentor e fundador de uma conhecida sociedade de advogados, "adivinhava" caídos em desgraça, como por exemplo o livro "A vida de Vale e Azevedo" publicado em 2009.

Ora então estava eu dizendo que este em tempos apelidado de "carolino" (LINK), tantas voltas terá dado à vida que, por eventual pouco ou nenhum sucesso no campo jurídico e editorial, acabou, a exemplo de outras "bem sucedidas" personalidades mais ou menos "encartilhadas" e mais ou menos "ordenadas" em conceituados "seminários", como comentador na Benfica TV, à mistura com uns biscatezitos no "Você na TV" da Cristina Ferreira e do Goucha, pois, TVI/Cofina e etc. e por aí adiante...

Até aqui tudo bem, cada um vai comendo o pão da forma que merece e o diabo entende amassar. Só que recentemente entendeu por bem ir bater com os ditos nas paredes da Sporting, SAD, imaginem, ainda não tinham acabado de se dissipar os ecos apelativos e moralistas de Fernando Gomes. Como é que o "carolino" não se lembrou disso?! Ou será que terá sido mesmo por mor de se ter lembrado ou alguém lhe ter avivado a memória?! Não sei, mas, ao que reza o imediato comunicado da Sporting, SAD, parece que lhe estarão a fazer cama bem feita!...

Entendo que andará bem a Sporting, SAD se lhe fizer a cama bem feita, mas entendo que mereceria ainda mais qualquer coisa...

Que alguém lhe fizesse também a folha!...

Leoninamente,
Até à próxima 

domingo, 24 de setembro de 2017

Olha que a febre da carraça pode ser mortal!...



TRÊS NOTAS VERMELHAS

«1. Nas tormentas, nos momentos em que a tempestade pode levar à frente tudo e todos é que se vêem os grandes comandantes. Aqueles que, com a tenacidade, coragem e tomando as decisões necessárias, conseguem ultrapassar o caos, transformando as ondas gigantescas, os ventos e chuvas devastadoras, em mar calmo. E é isso, não tenho duvida, que Vieira, Rui Vitória e os jogadores do Benfica irão fazer. E voltarão a ganhar e a lutar até ao último minuto de jogo pelas vitórias e pelos títulos.

2. Os dois pilares fundamentais de qualquer sociedade desportiva – sucesso desportivo+rentabilidade financeira – são os fatores de sustentabilidade e equilíbrio do SLB de hoje. As contas apresentadas por Domingos Oliveira, administrador financeiro da SAD, esta sim, a sua área de conhecimento e de competência comprovada (estar envolvido no futebol é sempre uma tentação para toda a gente), demonstraram de forma cabal que a estratégia pensada e executada há muitos anos, tem sido seguida à risca. Passo a passo. Objetivo a objetivo. Com visão e opções claras. O supremo objectivo - passivo zero deixou de ser uma miragem e é uma futura realidade.

3. Os papagaios, em latim, ‘psicattorum’, têm graves problema de comportamento. O arrancamento das penas e a automutilação são os mais visíveis e comprovados. Esta desordem obsessiva, em quebrar, destruir ou arrancar as suas próprias penas ou as dos seus pares, têm causas variáveis, como as ambientais, clínicas ou psicológicas. Por isso, a pena que todos sentimos, ao verificar o descontrolo de alguns ‘papagaios nacionais’, quando, em desespero tentam mudar esse destino, que serão sempre toda a vida, simples figurantes. Protagonistas nunca...»
(António Carraça, Carta, in Record)

Ó Rucas, mas será que tu és capaz de ter a lata de dizer que lavaste a cara hoje ao acordar?! Mas quem acredita Ruizinho?! Então e não te apercebeste das duas enormes carraças que tens na testa e que pelo seu estado de prenhez terão levado a noite inteira a encher à custa do teu sangue?! E logo num sítio tão esquisito, Rucas! Onde toda a gente vê! E nem sequer sentiste as picadas?! Olha que até os "perros" sentem, homem de deus! E de imediato, mal sentem a picada, sacodem-nas com as patas! Ó homem, estás a envergonhar a tua espécie. Para que te servem as esgravatadeiras?!...

É pá, tu bota-te a pau, olha que a febre da carraça pode ser mortal!...

Leoninamente,
Até à próxima

Palavras para quê? Factos são factos!...


SPORTING DERROTA BENFICA EM LAMEGO POR CLARO 3-1 E CONQUISTA O TORNEIO DAS VINDIMAS

O Sporting derrotou o Benfica de modo claro e inequívoco por 3-1 e conquistou o Torneio das Vindimas de voleibol, no primeiro derby entre os rivais lisboetas mais de duas décadas depois.


No Centro Multiusos de Lamego e na disputa do já consagrado em quase todas as pré-épocas,
 Torneio das Vindimas, os leões, no seu regresso ao Voleibol, depois de terem suspendido a modalidade durante 22 anos, venceram pelos parciais de 25-23, 23-25, 25-18 e 25-20.

No jogo de atribuição dos 3.º e 4.º lugares, o Espinho venceu o Guimarães na ‘negra’ (3-2), pelos parciais de 26-24, 25-13, 27-29, 22-25 e 15-7.


Depois do Andebol e Futsal, o Voleibol a caminho de poder reforçar a ecléctica hegemonia do Sporting!... 

Palavras para quê? Factos são factos!...

Leoninamente,
Até à próxima

PUBLICIDADE